• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
Ministério Internacional da Restauração em Porto Velho/RO.

Av. Elias Gorayeb, 1493, Bairro N. S. das Graças | CEP.: 76.804-144

secretaria@mir12ro.com | (69) 3229-9009 | 9 9914-2093

 

Departamento de Comunicação

midia@mir12ro.com | (69) 9 9381-3750

© Copyright 2019 | Ministério Internacional da Restauração em Porto Velho / RO. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Departamento de Comunicação MIR.

13.06.2019  09h45

Pentecostes – Tempo de Colheita

A grande celebração acontece neste domingo a partir das 18h; entenda a festa.

Redação MIR

No próximo domingo (16) a partir das 18h, celebraremos a Festa de Pentecostes. Como Igreja, vamos recobrar nossa voz profética, entendendo que é tempo de tomarmos posse da terra e conquistarmos territórios.

A Festa de Pentecostes representa um tempo de colheita e de crescimento para a Igreja.

Celebrada 50 dias depois da Páscoa, Pentecostes é a Festa da Colheita. 

Quando celebramos uma Festa Bíblica, no plano espiritual, conquistamos mais um território. E Pentecostes aponta para a conquista, para a colheita de vidas. Foi o próprio Jesus quem disse aos Apóstolos que eles deveriam ficar em Jerusalém, esperando vir o poder do Alto, para que fossem testemunhas dEle desde Jerusalém até a Judeia e os confins da Terra. Parafraseando, podemos dizer que a nossa Jerusalém é o território que já conquistamos, e o Senhor ampliará as nossas tendas e nos levará a conquistar além. A promessa de Pentecostes é que Deus derramaria o Seu Espírito para equipar os santos. Isso significa mais do que falar em línguas, mas ter uma ação contínua executada com sinais, prodígios e maravilhas, seguidos de conversão de vidas.

Podemos lembrar que quando Pedro terminou o discurso, em Atos 2, todos ficaram atônitos, não houve apelo para aceitarem Jesus, mas a Bíblia diz que a multidão recebeu salvação. Eles perguntaram: “Irmãos, que faremos para sermos salvos?”

Que neste Pentecostes, possamos ganhar vidas e dar frutos permanentes. Que o Espírito Santo nos revista de poder do Alto para sermos testemunhas. Que Deus nos use no meio do Seu povo. Que sejamos ousados para conquistar os territórios que Ele quer entregar em nossas mãos.

Como Visão Celular, daremos continuidade à explosão da Grande Comissão, retomando aquilo que está em Atos 2:48, quando a igreja se reunia nas casas com tanto poder que Deus mesmo acrescentava o número dos salvos.

Em Pentecostes, Deus nos chama para a Festa da Colheita, para nos comprometermos com a voz profética e arrancarmos o povo do engano, levando-o à liberdade que Cristo conquistou na Cruz. Porque Pentecostes fala da morte, ressurreição e ascensão do Messias, bem como a descida do Espírito Santo até o dia em que Ele voltar para o Céu com a Igreja. Pentecostes é também a revelação de que uma geração seria equipada com o poder de resgate de vidas. Não é ficar na Igreja olhando um para o outro, sem nenhuma manifestação real do Espírito Santo. Deus nos capacitou para sermos testemunhas de Jesus e evangelizarmos com poder. Isso significa ganhar vidas.

Que assim como os discípulos, que quando receberam o poder do Espírito Santo, logo na primeira mensagem se converteram três mil almas, assim aconteça conosco em Pentecostes, e que possamos fazer uma linda colheita em todas as áreas para honrarmos o nome do nosso Deus.

A Festa da Colheita é a conclusão: 50 dias de cestos cheios. É a Festa das Semanas, quando em cada semana eles enchiam uma medida e, quando chegava no 50º dia, os cestos transbordavam e eles diziam: “É tempo de Pentecostes, é tempo de transbordar”.

Que você seja cheio até transbordar da presença do Espírito Santo e que você manifeste a glória do Senhor por onde passar.