• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
Ministério Internacional da Restauração em Porto Velho/RO.

Av. Elias Gorayeb, 1493, Bairro N. S. das Graças | CEP.: 76.804-144

secretaria@mir12ro.com | (69) 3229-9009 | 9 9914-2093

 

Departamento de Comunicação

midia@mir12ro.com | (69) 9 9381-3750

© Copyright 2019 | Ministério Internacional da Restauração em Porto Velho / RO. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Departamento de Comunicação MIR.

21/03/16  13h30

Congresso de Honra traz um desatar de Reforma sobre Rondônia

Com o tema Reforma divina para prosperar nossa geração, o evento contou com diversos preletores e palavras sobrenaturais baseadas no novo livro de Ap. Renê Terra Nova.

Maílson Lima

Redação MIR

O último final de semana foi marcado com um grande evento que reuniu as igrejas da Visão Celular de Rondônia. O Congresso de Honra, nos dias 17 e 18 de março, abordou o tema Reforma divina para prosperar nossa geração e contou com diversos preletores e palavras teológicas sobrenaturais baseadas no mais novo lançamento do Ap. Renê Terra Nova, Honra, uma cultura divina que promove Reforma.

 

Na primeira noite contamos com o louvor ministrado pelo ministério de louvor do MIR. Músicas tradicionais, como Muralhas, Oh que tremenda graça e Majestade Santa levaram o povo a adorar a Deus.

 

Com a primeira palestra, Pr. Djalma Brasil fala sobre Reformadores nesta geração, abordando aspectos familiares e do dia-a-dia que precisam estar presentes na vida de quem deseja uma reforma sobrenatural. "O homem de Deus representa os céus, ambientes são regidos pela forma como eu entro neles", diz Pr. Djalma.

 

Em seguida, Ap. Severino, presidente da Comunidade Internacional da Paz (CIP) aborda o tema Reforma, uma poderosa mudança, baseado em Mateus 9:10-13. Através da palestra, entendemos que quando estamos em processo de reforma, nossa estrutura é movida em todos os níveis, transtornos acontecem e por vezes algumas coisas parecem que pioram, porém, não existe reforma sem essa mudança e transformação.

 

Pra. Sirlene da igreja Santa Geração associou o amor com o ato de honrar a Deus com os dízimos, ofertas e primícias. "Que demonstração você tem dado na prática ao Senhor por esse amor que você tem por Ele?", pergunta Pra. Sirlene, gerando reflexão e enfatizando que quando há amor verdadeiro, você deseja dar, sem se importar com o receber.

 

Encerrando a primeira noite, Ap. Gustavo dá uma palavra de confronto aos congressistas: "Falamos tanto da corrupção, da Dilma, do PT, mas somos tão corruptos! A igreja de Jesus ainda é tão corrupta. Quando seremos aquilo que o Senhor quer? Como podemos falar de honra e de caráter se há tanto em nós a ser mudado? Tudo o que precisamos é voltar para as mãos de Deus", diz Ap. Gustavo.

 

O último dia de Congresso contou com uma programação intensa. Iniciamos às 17h com o ministério de louvor da igreja Santa Geração, sob comando do Pr. Vicente Neto. A banda compôs uma música que aborda o tema do ano: "Uma nação de reformadores empenhada nos propósitos de Deus. Nós somos mais que vencedores, Reforma, a visão de Deus! Uma nação de reformadores seguindo o exemplo de Neemias. Reforma, a visão de Deus para curar as geografias".

 

Ap. Edmilson, da Comunidade Cristã de Rondônia, abriu a tarde com o tema A reforma nos liberta das doenças de caráter, baseado em Mateus 23:2,3. "A reforma é necessária para curar a geografia da alma e nos faz entrar na vontade do Pai. Os fariseus olhavam para as pessoas com desprezo e não considerava o seu valor. Nós ganhadores de alma e líderes do avivamento devemos saber que cada pessoa a nossa volta possui um valor inestimável", diz Ap. Edmilson, estimulando os congressistas a serem os que Deus usará para libertar os cativos. "Não é mais tempo de brincarmos de crentes, virmos para a igreja como se estivéssemos em um clube religioso. A reforma só pode acontecer quando atinge o nível do caráter".

 

A reforma vence a mente de tradição foi o tema abordado pela Apa. Keyla Serrulha, baseado em Romanos 12:1,2. "A reforma veio para nos tirar do tradicionalismo e nos devolver ao primeiro amor. Não podemos ficar olhando para trás. Precisamos saber o que queremos para nossa vida. Se você quer uma reforma na sua geração, deve entender que você é o responsável por isso", alerta Apa. Keyla.

 

Um momento especial de honra foi preparado pelos 12 da 1ª geração dos Aps. Gustavo e Keyla. Um teatro abordando a trajetória de vida dos Apóstolos, com os principais momentos relacionados ao ministério, desde a conversão até o apostolado. Em seguida, os 12 sobem ao altar com os Apóstolos segurando a bandeira do MIR, oram e os abençoam. Foi um momento inesperado e repleto de honra e alegria.

 

A palavra de oferta ficou a cargo de Ap. Gustavo, que estimulou todos a levarem uma oferta de honra ao Senhor. "Eu costumo dizer que quando eu toco nas primícias que você me entrega, eu vejo dinheiro, porém, Deus vê seu coração. Aqui são homens mortais que recebem, mas é Deus quem recebe o que você entrega", diz Ap. Gustavo, enfatizando que só primicia o que crê. Apóstolo orou para que ainda este ano o Senhor entregue R$ 300 mil aos que creem e forem fieis no dízimo e na primícia.

 

Encerrando o Congresso, Pr. Joel, do MIR de Candeias do Jamari, ministra aos congressistas o tema Você não é deste mundo, você é do céu. "Há título ou posição maior do que ser cidadão dos céus? Se você achava que era alguma coisa, eu quero te dar a certeza: você é cidadão dos céus! O Rei dos reis decidiu fazer de você templo do Espírito Santo".

 

Ao final do Congresso, Ap. Gustavo faz guerra espiritual junto com os congressistas. Temas importantes, como corrupção na nação, salvação das famílias, ministério e chamado, discipulado e finanças, foram abordados durante a guerra. Foi um momento de muita unção e autoridade, com o objetivo de parar a ação do inimigo. A música de guerra O grande Eu Sou foi a trilha desse momento especial. Ap. Gustavo estimulou os congressistas a profetizarem na direção dos irmãos a multiplicação e a bênção. "Aqui não é a Igreja da Restauração que está reunida, e sim a Igreja de Jesus. Quando nos juntamos, removemos as placas e nos apresentamos como cidadãos dos céus", diz Ap. Gustavo, enfatizando o momento de unidade das Igrejas da Visão Celular naquela noite.

 

O Congresso de Honra foi fonte de muito ensino e unção aos congressistas. Que possamos respirar e falar a Visão e o princípio da Honra, andar e nos comportar como pessoas de honra. Que possamos honrar nossos mentores e ao Senhor na estratégia ao qual Ele mesmo plantou em nós.

 

Você pode acompanhar todos os estudos, ministrações em vídeo, notícias e fotos no hotsite especial do Congresso, m12rondonia.com. No nosso canal do YouTube, você pode acompanhar todos os momentos do Congresso na íntegra. Basta acessar youtube.com/c/mir12rondonia e se inscrever.