• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
Ministério Internacional da Restauração em Porto Velho/RO.

Av. Elias Gorayeb, 1493, Bairro N. S. das Graças | CEP.: 76.804-144

secretaria@mir12ro.com | (69) 3229-9009 | 9 9914-2093

 

Departamento de Comunicação

midia@mir12ro.com | (69) 9 9381-3750

© Copyright 2019 | Ministério Internacional da Restauração em Porto Velho / RO. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Departamento de Comunicação MIR.

15/03/16 17h15

Ministrações do primeiro dia do Congresso de Consolidação

O Congresso ocorreu entre os dias 26 e 28 de fevereiro e contou com diversas ministrações intensivas

Iranilde Fernandes e Daniel Vargues

Redação MIR

Conquistando a geografia pelo poder e autoridade que nos foi concedida do céu através de Jesus Cristo

Preletor: Pr. Alan Delon Evangelista

Texto-base: Mateus 10

 

Não podemos nos conformar com os acontecimentos dos últimos tempos. Existe muita maldade, muita destruição,  estamos em uma guerra declarada. Mas a Palavra diz que em Cristo somos mais que vencedores, nEle nos tornamos fortes, ousados, que combate o bom combate e não negocia a fé.

 

Deus levantou uma igreja,  uma igreja  profética, ungida e cheia de autoridade. A única solução para a terra se chama Igreja do Senhor Jesus Cristo. Somente a igreja trara a cura e a libertação que o mundo precisa. A igreja e a resposta para essa geração, nela estão aqueles que serão usados por Deus para curar toda essa malignidade.

 

Mas para isso precisamos de uma geografia curada. Jesus ensina que essa cura vira de duas formas, pelo ensino na pratica e pela palavra profética que Ele mesmo liberou. Em Mateus 4.10 diz, Jesus lhe disse: "Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto’".

 

Então quando vermos que o diabo  esta agindo numa geografia precisamos ordenar que se retire como Jesus fez. Porem somente a igreja curada, transformada,  lavada e remida pelo Seu sangue  terá essa autoridade.  Somente essa igreja pensa e reage como Ele, pois e revestida do poder do Espirito Santo.

 

Tomando como exemplo a historia de Pedro, o qual Jesus disse que antes que o galo cantasse três vezes ele o negaria, nos ao contrario podemos impedir que o galo cante. Usando a autoridade do nome de Jesus, podemos cortar a cabeça dele. Temos que impedir que o diabo cante de galo,  nas nossas vidas.

 

E nesse mover que precisamos andar, crendo que somos a resposta para esse mundo. Precisamos ser revestido do poder que vem dos céus. Pois a palavra profética que sair de nossas bocas também surtira efeitos em nossa geografia. O diabo não pode resistir a esse poder e a essa autoridade.

 

A Visão Celular cura a nossa geografia

Preletor: Pr. Manuel Rodrigues

Texto-base: Mateus 10.5-6

 

Quando Jesus chama os 12, dá a eles autoridade para fazer milagres. Ele também instrui que os primeiros a serem curados são os de dentro de casa, os da nossa geografia. Mas essas pessoas precisam encontrar nosso caráter curado. Infelizmente atualmente muitos cristãos estão com muitas deformidades no caráter. E muitos por falta de cura, geram feridas naqueles que estão a sua volta, fazendo com que o evangelho fique desacreditado. Por isso precisamos ser reformados e curados.

 

Esse seminário e para curar nosso caráter e  consolidar Cristo em nos. Deus quer desenvolver o  caráter dEle em nossas vidas, isso exigira  uma reforma. Porem a reforma trás dor, desconforto, muita coisa precisa ser quebrada, assim muitos não se abrem a ela.

 

A visão celular tem todas as etapas para promover o desenvolvimento e a cura de seus discípulos. Temos o encontro, Escola de Lideres, as Celulas e muitos outros eventos visando a consolidação e o discipulado para imprimir o caráter de Cristo em cada pessoa. O caminho da Visão e simples, ganha, consolida, discipula e envia. Mas para isso precisamos estar prontos precisamos estar curados.

 

As pessoas precisam ver o caráter de Cristo imprimido em nós, senão não as conquistaremos. Precisamos ganhar primeiro os de nossa casa, sendo modelos. Deus nos enviará para as nações quando os de nossa geografia veem em nos o testemunho. Por isso precisamos resgatar primeiro os de nossa casa.

 

Devemos identificar que tipo de reforma de caráter precisamos. Saber qual o lugar de nossa reforma pessoal. Esse lugar e aquele que quando mexe dói, aquele que  machuca, fere, que mais nos deixa nervosos. Esse e o lugar onde precisamos ser curados e reformados.

 

Precisamos ser curados, para curar o ambiente que estamos. Quando somos curamos amamos falar do que Deus fez em nossas vidas para os outros. Abrimos nossa célula, multiplicamos, pois temos muito desejo de testemunhar do evangelho para as outras pessoas. Essa e a vontade do Pai que sejamos reformados, para podermos ser seus maiores reformistas.

 

 

 

Derrubando Paredes

Preletor: Ap. Gustavo Mota

Texto-base: Efésios 2.11-14

 

As paredes fazem separações, elas separam nações, estados, famílias, pessoas. Existem paredes visíveis e invisíveis. As invisíveis são chamadas paredes da alma, da mente, elas nos separam de pessoas, sonhos, propósitos e promessas.

 

Existe também paredes que nos separam de Deus. Em Isaías 59.2 diz que a nosso iniquidade fazem separação entre nós e Deus, e nossos pecados encobrem de nós o seu rosto.

 

As paredes de iniquidades são aqueles pecados gerados na alma. São os planos do pecado na mente. É amar tanto o pecado,  ao ponto de  planejar como  pecar. Isso faz com que Deus pare de nos ouvir e se afaste de nós. Essas paredes impedem o nosso crescimento. Por isso é preciso fazer reformas. Reformar é quebrar paredes.

 

Porém é preciso ter coragem para dar as marretadas e quebrar essas paredes. Se elas não forem destruídas perderemos nossas chances e oportunidades. Para derrubarmos essas paredes precisamos nos separar, ser santos, vencer as tentações.

 

A reforma é de Deus e quem é de Deus será reformado, quem não é ficará pior. Aquele que for dEle dirá não ao pecado, o que não é se lançará na sua própria vontade pecaminosa.

 

Essas paredes não podem ser derrubadas do nosso jeito, de nosso maneira. É preciso decidir seriamente e fazer da forma de Deus. Precisamos fazer isso antes que as perdas nos alcance.

 

As verdadeiras reformas causam impactos e são acompanhadas de projetos. Se há algo na equipe que não está funcionando é preciso de planos e estratégias. Nossa equipe tem muito valor, por isso devemos investir nos nosso discípulos, traçando planos, projetos para que ele produzam resultados. Os projetos impedem que os discípulos fiquem ociosos.

 

Os nossos discípulos não podem ficar sem fazer nada. Estamos deixando as pessoas muito a vontade e o caminho que leva para perdição é largo, por isso devemos estreitar esse caminho dando projetos para que eles não façam somente o que eles querem.

 

Toda reforma custa caro, exige um preço. Quem não se reformar ficará para trás. A reforma verdadeira oferece projetos, planos para todas as áreas da vida, seja familiar, ministerial ou profissional. Mas não basta apenas ter projetos e ideias seculares é preciso buscar primeiro o reino e sua justiça e todas as outras coisas serão acrescentadas, Mateus 6.33.

 

O homem foi criado para cuidar e dominar. Deus disse a Adão cuide e domine, mas ele não cuidou e nem dominou. E quando caiu deu logo uma desculpa, o Adão caído sempre tem uma desculpa. Essa síndrome ainda está na vida de muitos crentes. Muitos vivem cheios de desculpas para não obedecer seu chamado. Adão perdeu a eternidade. Deus não prospera quem não tem compromisso com Ele.

 

A verdadeira reforma deve começar na vida do líder. O reformista é aquele que decide não perder as vidas. Uma ferramenta importante para que isso não aconteça é o diálogo. Então se a ovelha se afasta precisamos logo ir atrás dela. Precisamos buscar logo os que se distanciam, não apenas viver celebrando com os que estão por perto.

 

Não podemos deixar que o inimigo estabeleça paredes entre nós e nosso discipulado, família ou vida com Deus. Nos relacionamentos, nas equipes, nas famílias sempre teremos problemas. Mas devemos ter consciência que o que nos une é uma aliança. Deus tem as pessoas designadas para cada um de nós.

 

Então precisamos lembrar que temos uma aliança que reivindica direitos. Nenhum projeto pessoal deve ser maior que a aliança. Mas existem as pessoas sem aliança que só pensam em si mesma, são mau caráter e cheia de enganos. Porém quem não aprender a se relacionar bem com seu irmão e viver em família não irá para o céu.

 

Por isso é importante o diálogo, os relacionamentos, e a aliança. Sem diálogo não há relacionamento e sem relacionamento não há aliança.  A falta de diálogo, relacionamento e aliança nos paralisam. Há muitos paralisados no meio da igreja, não perdoam, não entendem, não aceitam os outros.

 

Nosso ministério deve ser de diálogo. Quem dialoga conquista as pessoas, pois nutre relacionamentos de respeito. O segredo do discipulado é ser amigo dos discípulos. Se existem paredes  que nos separam uns dos outros, temos que derrubá-las. Somente poderá consolidar uma multidão aquele que for livre e de relacionamentos saudáveis, apenas esse tipo de liderança manterá as conquistas.

 

 

 

Quem pode e quem não pode servir o pão de Deus

Preletora: Pra. Iracema Brasil

Texto-base: Levítico 21:16-21

 

Certas pessoas em Israel não podiam exercer o sacerdócio Levítico por causa dos seus defeitos físicos. Já no ministério da Igreja, há pessoas incapacitadas de servir por motivo de seus defeitos de caráter. Como poderão servir o pão da vida com caráter defeituoso?

 

O cego – como você vai ser líder de multidão se você não tem visão?

 

“Quando começamos nossa célula, foi numa ‘casa muito engraçada’. Reuníamos debaixo de uma árvore, perto de um muro quebrado. As pessoas sentavam-se em bancos feitos pelo Pr. Djalma, mas aqueles bancos ficaram muito mal feitos. Hoje moramos em um bairro de excelência e perto de tudo. Quando trouxemos a arca do Senhor para dentro da nossa casa, começamos a prosperar”.

O líder que não tem visão de futuro é como um carro que trafega com faróis apagados. Ter visão é ter unção de multiplicação.

 

O coxo – é a pessoa com a vida espiritual cheia de altos e baixos. Não podemos servir a Deus de qualquer jeito. Essas pessoas um dia são espirituais, noutro são carnais.

 

Nariz chato – é o líder iracundo. Atende os discípulos com sete pedras nas mãos. Quem suporta ficar na companhia de um mal humorado? Aprenda a ser um líder agradável.

 

Membros compridos – língua maior que o corpo. Mexeriqueiro. Fala mal de todo mundo. Espalhar contenda entre os irmãos é abominação aos olhos do Senhor. O que fala mal do seu próximo será destruído pelo Senhor. (Salmos 101:55 - Aquele que murmura do seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não suportarei).

 

Pé quebrado – vive trazendo problemas, nunca alegrias. Vive sugando o líder. O de pé quebrado, quando passa por problema, logo se desequilibra. Não sabe andar com os próprios pés e ainda diz: “Não vivo sem o meu líder”. Não! Você não vive é sem Jesus.

 

Mão quebrada – infiel nos dízimos, primícias e ofertas. Deus não multiplica o infiel. Como poderá ensinar fidelidade aos discípulos se ele é infiel? (Malaquias 3:18 - Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve).

 

O corcunda – só olha para o chão, para as coisas da terra. É pessimista. Quando recebe um alvo já acha que vai dar errado. Só olha para as coisas dessa vida. Logo quer desistir do líder, quer ir embora da célula, da igreja, etc.


O anão – é o líder que estancou o crescimento. Você investe tempo nesse discípulo, dá gabinete, dá conselhos, mas ele não cresce. Sempre procura o líder com o mesmo problema porque não cresceu o suficiente para passar para a próxima fase. Estão há anos na igreja, mas não crescem.


Defeito no olho – tem aparência de quem tem visão, mas não realiza nada. Fala muito, mas faz pouco. Tem discurso de quem é comprometido com o projeto, mas não apresenta fruto.

 

Sarna – são os que contaminam os outros com lepra. As lepras da alma são transferidas aos que andam com eles.

 

Testículo quebrado – não consegue reproduzir. Não tem fertilidade. Estão no MIR há tanto tempo e não trazem uma vida. Não geram filhos espirituais.

 

Se você pagar um preço, certamente as vidas serão alcançadas. A palavra de Gn 1:28 é “Crescei, multiplicai, enchei a terra”. Será que você consegue encher pelo menos a sua célula? Quantos líderes você tem levantado na sua célula? Da nossa célula já foram levantados pastores. Você não pode ser reformado com deformidades. Deus já deu a ordem: “crescei, multiplicai, enchei a terra”!

 

 

 

O clamor do púlpito celular

Preletor: Pr. Daniel Brasil

Textos-base: Salmos 32:8 / Isaías 48:17

 

Lembra como era o seu púlpito celular? Você era tão empolgado, tão sonhador. Como está agora?

 

Neste ministério criamos muitos artifícios de estratégia de conquista como redes, cultos temáticos, acampamentos, etc. porque somos envolvidos com o projeto da visão de Deus.

 

No caminho alguns desistem. Mas você, que é líder de excelência, será colocado por cabeça e não por calda. Outros foram embora porque para eles não teve mais jeito. Neles, não houve liga entre a vivência e a Palavra.

 

Para certas pessoas a alma ferida endureceu-lhes o coração para não ouvirem mais a voz do líder (Salmos 32:9 “Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para que não se cheguem a ti”). É possível frear um cavalo sem usar as rédeas, mas tem gente que não é freada nem à força. Então, tem animal mais inteligente que certas pessoas.

 

Há pessoas que decidiram andar sozinhas, em suas próprias rotas. Contentam-se com os átrios externos. Segundo Russel Shedd, os átrios externos são o símbolo de uma vida formal, só de aparências.

 

Não perca a paixão pelo projeto de Deus. Peça a Ele um coração que se inquieta pelo que acontece ao rebanho.

 

Visão celular é ensino e ação. Não é pra ficar parado. Até quando você vai ficar parado, esperando o inimigo te morder?

 

Por mais que você se auto imponha “eu sou um líder!” o seu púlpito celular questionará: “mas há quanto tempo você não chora pelo povo?”

A visão não é oba-oba de menino, é reforma de caráter. Não para ser um peso que o líder carrega sozinho. Onde há ensino não há sobrecarga. Onde há ensino há estratégia.

 

A sua natureza sempre foi de clamar a Deus, mas na caminhada você se cansou. Você diz: “Deus, onde tu estás? Porque tu permitiste acontecer isso?” Mas o Senhor responde: “Ah, se tivésseis dado ouvidos à minha Palavra”.

 

Só colherei aquilo que planto. Só tenho direito ao que me foi liberado por princípios, pois Deus em sua essência é amor, mas sua atitude é justiça.

 

 

 

Desenterrando Talentos

Preletor: Pr. Raimundo Nonato

Texto-base: Mateus 25:24-30

 

Nós recebemos sabedoria para cuidar da nossa vida, da nossa família e das nossas células. Você está debaixo de um manto de sabedoria. Faça sua célula e Deus te abençoará com multiplicação.

 

Você já tem finalmente uma célula e acha que isso é tudo? É tudo para um bom começo. Você declara: “Sou um líder”. Mas líder de quem? Você até apresenta ao seu líder o envelope da oferta, comprovando que a reunião aconteceu. Mas cadê as pessoas na sua célula?

Nós temos que fazer uma nova história, pois Deus quer nos ver crescendo. Não seja líder só no nome. Deus só fará uma nova história se você fizer sua célula funcionar.

 

Vamos trabalhar a coerência no nosso discurso. Não podemos ser líderes na célula e em casa darmos mau testemunho. Vamos passar todos os dias mergulhados em um manto de paz. A visão não é um peso.

 

Esteja pronto para usar seus talentos de um modo maravilhoso. Jejue e ore por suas células. Clame dizendo: “Senhor, faz de mim um líder usado no abrir da boca”. Há um sobrenatural de Deus em nossa igreja. Se Deus é por nós, que será contra nós?

 

Eu preciso sair do meu comodismo. Somos nós que levamos a vida de Deus para as pessoas. Olhe para o seu chamado.

 

 

 

Muralhas vão cair!

Preletor: Ap. Gustavo Mota

Textos-base: Josué 6:1-10 / Isaías 59:2

 

Nunca vi um filho desobediente alegrar os pais. Nós não somos filhos desobedientes. Todo desobediente fica pobre. O pai só o chama para dar puxão de orelha, para chamar-lhe a atenção e fazer-lhe cobranças.

 

Nenhum pai gosta de tratar com filho desobediente. Por isso a Palavra diz: “honra teu pai e tua mãe para que vivas muito”. Todo filho ou discípulo desobediente morre cedo. O que se afasta de Deus não pertence nem à Igreja nem ao mundo: é um desviado.

 

A Igreja brasileira é chamada de filhos mimados de Deus. Não são mártires e ficam desistidos por qualquer coisa. Todo filho desobediente exige os direitos que não tem. Não faz nada e quer ser atendido. O desobediente vai morrer espiritualmente. Você não está prosperando porque é desobediente, cheio de vontades.

 

Ninguém constrói nada com paredes erguidas diante de si. Não importa quais sejam as muralhas que o diabo estabeleceu em sua vida. Deus vai derrubá-las!

 

É possível que tenhamos erguido muralhas de pecado. Reveja sua vida, reveja seus pecados. Se você tem problema com seu líder, então você tem problema com Deus. Se tem problema com Deus, então nenhum líder vai servir para você.

 

O que você produziu? Se você crê mas não tem fé, então só possui um desejo pelas coisas de Deus, mas isso ainda não é fé, pois a fé envolve ação. Não fique parado, dentro das quatro paredes do pecado. A desobediência coloca as pessoas em prisões.

 

Nós fomos chamados para agregar pessoas. Contudo, ainda há pessoas que tem o dom  de perder discípulos. Se quando você perde um discípulo não sente falta dele, você ainda não tem a visão celular. Pior: você nem salvo é.

 

Por mais que você argumente: “O Sr não pode me julgar” eu respondo que posso sim, já que a Bíblia diz que eu vou julgar até os anjos.

Todos os crentes amam dizer que vão morar no céu. Mude sua vida ou você vai para o inferno. Quem não gosta de vir à igreja já está no inferno. Há os que só chegam depois do louvor: esses já estão no inferno faz tempo.

 

Você pensa que só porque está aqui no culto vai para o céu? Não, você não vai!

 

Sabe por que você não tem célula? É porque você está correndo atrás de dinheiro. Quanto mais você corre atrás do dinheiro, mais ele corre de você. Quer dinheiro? Busque a Deus e Ele o dará a você.

 

As pessoas que não dão fruto são exatamente os velhos espirituais. Os novinhos são os que estão avançando. Temos que nos importar com as pessoas. “Sou o tutor de meu irmão?” pois é, Caim usou essa mesma desculpa.

 

Se não houver uma reforma em nossa casa, como poderemos fazer célula? Cuide da sua família. Sabe o que o diabo faz quando ele entra em uma família? Ele: 1-tira a paz; 2-rouba as finanças; 3-mata as pessoas.

 

Líder de verdade é uma pessoa de relacionamentos. Não vive aprisionado em muralhas.

 

Muralhas cairão apenas mediante a fé. Líder tem que andar por fé!

 

Josué 6:10 “...não gritareis. Ficareis calados” é quando paramos para refletir, para ouvir a Deus. Em Efésios 2:14 Paulo diz “Porque Ele (Jesus) é nossa paz”. É melhor ter paz do que dinheiro. Quem vai derrubar muralhas é Deus. Elas estão de pé porque você fala demais. A quem você está enganando? Há tempo de calar para Deus agir. “Quando tu estás em silêncio é que eu ajo”. O amor de Deus é tão grande quanto a sua justiça.

 

Tiago 2:15 “A fé sem obras é morta”. A prostituta Raabe demonstrou sua fé ao esconder os espias enviados por Josué e fez uma aliança com eles. O que nos mantém firme no propósito é a aliança. Quebre as paredes que você levantou você se afasta das pessoas e coloca paredes de isolamento. Deus vai quebrar as paredes espirituais da sua casa para aumentar a sua célula.

 

Josué 6:25 diz que a cidade de Jericó inteira foi destruída, mas Raabe e sua família foram conservados com vida. Se a graça de Deus tivesse outro nome seria Raabe. Você era Raabe. Um dia você se aproximou do povo de Deus e foi salvo. Ela casou-se com um hebreu, símbolo da Igreja casada com o Messias. Se não houvesse uma Raabe não haveria um Messias.

 

Os nascidos de novo tem a marreta da esperança para derrubar as muralhas e salvar as Raabes. Quando a muralha cai, o Messias se revela.